Dedetização Pombos Porto Alegre

Dedetização Pombos Porto Alegre

Dedetização Pombos Porto Alegre 24 Horas

Conte com a Empresa Líder Desde 1980 – Construsul Dedetizadora Porto Alegre, Dedetização Pombos Porto Alegre Zona Sul, Dedetização Pombos Porto Alegre Zona Norte, Dedetização Pombos Porto Alegre 24 Horas.

Central de Chamado: 3094.2083 – Email: construsulportoalegre@hotmail.com


Dedetização Porto Alegre


Dedetização Pombos Porto Alegre – 24 Horas

Construsul Dedetizadora Porto Alegre

Dedetização Pombos Porto Alegre – Os pombos são aves simpáticas, porém perigosas. Saiba que chegar perto dessas aves pode ser arriscado para a sua saúde. Os pombos chegaram no Brasil junto com a monarquia portuguesa e foram utilizados como pombos-correio e para competições de tiro.

As aves são consideradas pragas urbanas e adaptaram-se facilmente aos centros urbanos. Porém, a interferência humana alterou os hábitos dos animais. Eles sobrevivem em média até 4 anos nas cidades. Já em cativeiro ou vida livre no campo podem viver até 30 anos.

Não é recomendado contato com os animais pois eles transmitem doenças como Criptococose, Histoplasmose e Salmonelose. Seres humanos contraem a doença inalando microrganismos encontrados na poeira das ruas, que são poluídas com as fezes e urina dos pombos.

É importante não criar condições para a proliferação dos pombos, que são: água, alimento, abrigo e acesso. A proliferação dos animais é rápida, cerca de 19 dias, e em tempos mais quentes e úmidos sua população pode desequilibrar o ecossistema, se não for feito o manejo de pombos.

O manejo de pombos é um serviço realizado por controladoras de pragas e vetores para eliminar as condições de fixação e desenvolvimento do animal em um determinado local. Não é permitido o extermínio de pombos, de acordo com a lei ambiental do IBAMA. Por esse motivo, peça auxílio de profissionais para acabar com o transtorno que os pombos causam.


Empresa de Dedetização Pombos Porto Alegre

Construsul Dedetizadora Porto Alegre

Biologia dos Pombos

Pombo Doméstico

É a espécie de pombo mais comum encontrada no Brasil. Não possui nenhum predador nas cidades, por esse motivo, sua população pode crescer rapidamente. É considerado um grave problema ambiental pois briga por alimentação com espécies nativas, destrói monumentos e transmite doenças ao ser humano.

Tamanho: 32 a 37 cm

Cor: brancos, cinzas, marrons ou manchados.
Reino: Animalia
Ordem: Columbiformes
Classe: Aves
Espécie: Columba lívia
Família: Columbidae
Filo: Chordata

DIETA: Os pombos desta espécie se alimentam de grãos, frutos, restos de alimentos dos seres humanos.

HABITAT: Próximos às habitações humanas em centros urbanos.

IMPACTO: Transmitem doenças e causam danos a patrimônios públicos e privados.

PREVENÇÃO: Barreiras físicas, eliminação de alimento e água, repelentes químicos.

Pombo Asa Branca

É uma das maiores espécies da família no Brasil. É chamado também de Pombão, por conta de seu tamanho. Ficou famosa através de uma canção da música popular brasileira “Asa Branca” composta por Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira.

Tamanho: 34 cm

Cor: cabeça marrom vinho e barriga pálida e pelagem cinza escuro
Reino: Animalia
Ordem: Columbiformes
Classe: Aves
Espécie: Columba picazuro
Família: Columbidae
Filo: Chordata

DIETA: Os pombos desta espécie se alimentam de grãos, frutos, restos de alimentos dos seres humanos.

HABITAT: Próximos às habitações humanas em centros urbanos.

IMPACTO: Transmitem doenças e causam danos a patrimônios públicos e privados.

PREVENÇÃO: Barreiras físicas, eliminação de alimento e água, repelentes químicos.


Serviço de Dedetização Pombos Porto Alegre

Construsul Dedetizadora Porto Alegre

Ciclo de Vidas dos Pombos

Os pombos são animais monogâmicos, formam um casal a vida toda. Possuem de 5 a 6 ninhadas anuais cada uma com até 3 crias. Após 1 mês da eclosão dos ovos, os filhotes estão prontos para voar. Enquanto isso, ficam sob os cuidados dos “pais”. A incubação dos ovos dura até 19 dias e a fase adulta completa leva até 8 meses.

Como Evitar Pombos

Instalação de barreiras físicas, para evitar o acesso dos pombos para locais propícios para abrigos. Nos telhados, por exemplo, é possível colocar proteções contra as aves. Fios à prova de intempéries também são formas de afastar a presença dos pombos, já que eles não conseguem se equilibrar neles.

Revestimento inclinado é outro tipo de recurso contra a fixação de pombos. O animal não consegue ficar parado no local, o que impossibilita a permanência dos animais. É importante não fornecer alimento ao pombo e eliminar outras fontes de nutrientes aos animais. Utilize objetos que refletem o sol e que atrapalham a visão das aves.


Perguntas e Respostas sobre os Pombos

Construsul Dedetizadora Porto Alegre

Do que se alimentam os pombos?

Alimentam-se principalmente de grãos e sementes colhidos em áreas abertas.

Quais são os tipos de pombos existentes?

Os pombos são aves e a grande maioria é pertencente ao gênero Columba que contém mais de 50 espécies distribuídas pelo mundo todo. O pombo doméstico Columba livia é o mais conhecido por sua proximidade no convívio com o homem.

Como podemos evitar a presença de pombos?

Dentre inúmeras medidas, as principais são o emprego de refletores luminosos, sonorizadores, cercas eletrificadas, vedação de espaços ou obstrução de vãos (com fios de náilon, pregos ou arames), substâncias “repelentes” (que provocam desconforto da ave pelo contato e, em geral, são aplicadas sobre forros ou beirais de telhados), e controle de fontes alternativas de alimento.

Quanto tempo pode viver um pombo?

Os pombos podem viver de 15 a 30 anos na natureza e em torno de 3 a 5 anos nas cidades, devido à doenças que causam desequilíbrio de sua população.

Como os pombos se reproduzem?

Os pombos se acasalam e possuem somente um único parceiro.

Os pombos vivem em sociedades?

Sim, os pombos normalmente vivem em grupos.

Quantos ovos os pombos podem colocar?

Normalmente a fêmea coloca 2 ovos por vez, fazendo em média de 2 a 3 deposições por ano, os quais, por sua vez, demoram de 17 a 18 dias para nascer.

Depois de quantos dias os filhotes de pombo abandonam seu ninho?

Os filhotes abandonam o ninho depois de 3 semanas, quando estão aptos a voar.

Quais são os tipos de doenças que os pombos transmitem ao homem?

Ao menos 57 doenças já foram catalogadas e entre as principais estão a salmonelose (doença causada por bactéria), a histoplasmose e a criptococose (as duas últimas causadas por fungos que se desenvolvem nas fezes dos pombos).

O pombo pode transmitir doenças a animais domésticos?

Sim, os pombos podem transmitir doenças e entre muitas está a toxoplasmose, devido especialmente aos seus hábitos predatórios e por se alimentarem da carne crua da ave, única maneira pela qual a doença é transmitida.

Os pombos podem ter piolho? Se sim, podem ser transmitidos ao homem?

Sim, os pombos podem ter piolhos, mas estes raramente serão transmitidos para o homem, exceto em casos de manipulação dos ninhos.

Os pombos podem ter pulga? Se sim, transmitem doenças?

Sim, os pombos podem ter pulgas. Quando a ave abandona o ninho as pulgas podem vir a infestar a residência (casa ou apartamento) causando incômodo pelas picadas e até mesmo processos alérgicos.

As fezes de pombo podem transmitir doenças?

Sim, uma grande quantidade de microorganismos patogênicos podem ser veiculados pelas fezes.

Quais os cuidados que devemos ter ao limpar as fezes de pombo?

Sempre usar máscara no rosto e luvas. A utilização de soluções desinfetantes e umectantes para a remoção mecânica das fezes também é altamente recomendado para evitar o risco da dispersão de agentes patogênicos.

As fezes de um pombo podem contaminar um ambiente?

Sim, além de acumular sujeira no ambiente.

Um pombo sadio pode ser transmissor de doença?

Não, um pombo sadio não carrega consigo agentes transmissores de doenças, portanto, não poderá ser responsável por transmití-las.

Como identificar um pombo sadio?

Pombos sadios têm penas integras e sem falha na plumagem, mantém condições normais de vôo e andam junto ao bando (quando estão doentes ficam isolados).

Qual o tipo de ambiente e clima mais propício ao pombo?

Os pombos vivem em quase todos os tipos de ambiente, especialmente onde vive o homem por conta da oferta de alimento.

Um pombo doente pode transmitir sua doença a outros pombos?

Dependendo da doença, tal como ocorre em especial com as viroses, esta pode se disseminar rapidamente e provocar alta mortalidade.

Que tipo de doenças um pombo pode adquirir?

Entre as viroses destaca-se a “doença de Newcastle” e outra doença típica de aves como a ornitose (causada por bactéria).

O simples contato do pombo com a água pode contaminá-la?

Não.

Como os pombos fazem seu ninho?

Em geral usam ramos ou galhos secos de árvores ou qualquer outro material que lhe seja útil para este fim. Constroem seus ninhos em locais planos como os ramos de árvores ou em outros lugares onde os ovos possam estar protegidos do frio e da chuva.

Os pombos-correios também são transmissores de doenças?

Não, por serem criados em condições especiais.


Método de Controle Dedetização de Pombos

Controle de Pombos Porto Alegre

Quando o convívio com essas aves se torna muito complicado, é preciso tomar algumas atitudes para que os problemas não fujam ao controle! Em primeiro lugar voltamos a bater na mesma tecla: pragas só apartecem onde têm alimento, água e abrigo disponíveis.

Então as medidas para controle de populações de pombos devem começar com medidas simples como:

1. Não deixar água e alimentos expostos. Usar sempre latas de lixo tampadas e sacos fechados, sendo que estes devem ser colocados em plataformas/ suportes que evitem seu acesso a animais que possam rompe-los e espalhá-los pelo chão;

2. em hipótese alguma alimente os pombos. Isto vai fazer com que eles vão procurar comida em outro lugar e também afeta sua taxa reprodutiva, diminuindo a população no decorrer do tempo;

3. eduque seus vizinhos, parentes e amigos para que também evitem alimentar estas aves;

4. verifique na suas contruções os locais onde os pombos fazem ninhos, como caixas de ar condicionado e, se possível, use telas ou as vede para evitar que eles tenha acesso a estes locais;

5. elimine ninhos e ovos dos pombos (não esqueça de usar luvas e máscara para tal);

6. nos parapeitos de janelas coloque fios de nylon presos por ganchos nas bordas laterais da edificação a uma altura de 10 cm, pois isso evita o acesso destes animais;

7. quando for construir faça a instalação de armações de hastes pontiagudas;

8. construa parapeitos com ângulo de inclinação de 450 , isto dificulta o pouso das aves.

Os pombos tem uma característica peculiar que é de ficarem “vadiando” em locais onde não se alimentam. Desta forma, produzir condições de inacessibilidade a estas aves é tão importante quanto evitar o seu acesso ao alimento.

Agora um lembrete: sempre que for limpar um local onde estiveram pombos tome cuidado, usando luvas e máscaras para evitar contaminação com microorganismos patogênicos (bactérias e fungos, por exemplo) que podem inclusive penetrar no seu corpo através das vias aéreas. Há inumeros relatos de casos de doenças em que estas infecções provocaram mortalidade.

Além das medidas acima, há outras mais drásticas para o controle de populações de pombos, como a aplicação de repelentes e uso de anticoncepcionais.

Mas atenção, todas essas medidas devem estar de acordo com a Lei de Crimes contra a Fauna (Lei 9605/98) que interpreta como crime matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente.


Dedetização Porto Alegre

Dedetização Porto Alegre

Dedetização Porto Alegre


Construsul Dedetização Pombos Porto Alegre

Dedetização Pombos Porto Alegre

3094-2083 / 99802-4242

construsulportoalegre@hotmail.com


Dedetizadora Porto Alegre 24 Horas, Dedetizadora Porto Alegre Zona Sul, Dedetizadora Porto Alegre Zona Norte, Dedetização Porto Alegre 24 Horas, Dedetização Porto Alegre Zona Norte, Dedetização Porto Alegre Zona Sul, Dedetizadora 24 Horas, Dedetizadora Zona Sul, Dedetizadora Zona Norte, Dedetização 24 Horas, Dedetização Zona Norte, Dedetização Zona Sul, Dedetização Centro, Morcego, Barata de Esgoto, Barata Francesinha, Broca, Camundongo, Caramujo, Carrapato, Caruncho, Cupim de Solo, Cupim Madeira Seca, Escorpião, Formiga, Lacraia, Marimbondo, Morcego, Mosca de Banheiro, Mosca, Mosquito, Percevejo, Pombo, Pulga, Ratazana, Rato de Telhado, Traça, Dedetizadora Porto Alegre, Dedetização Porto Alegre, Desinsetizadora Porto Alegre, Desinsetização Porto Alegre, Desratizadora Porto Alegre, Desratização Porto Alegre, Descupinizadora Porto Alegre, Descupinização Porto Alegre


www.desentupimentoportoalegrezonanorte.com

www.desentupimentoportoalegrezonasul.com

Dedetização Pombos Porto Alegre